To read any post in English, click on Read more.

In other words...

Tuesday, 8 May 2012

4 ♥


Há quatro anos esperei por ti debaixo da torreira do sol para mais um dos nossos habituais passeios a dois. Chegaste e cumprimentaste-me pela última vez com dois beijos na face. Eu tremia por todo o lado e não sabia se a tarde ia corresponder às minhas expetativas, mas segui-te pelos caminhos que me indicaste.
Subimos e descemos ruas e deste-me o beijo prometido e mais outros não prometidos mas desejados.
Levaste-me para a Ribeira e passámos horas agarrados entre o falar e o não falar.
Quando me fui embora, o teu cheiro tinha ficado embrenhado em mim com medo de se afastar e eu sentia-me inebriada pelo teu perfume que me acompanhava, mesmo quando já me tinha separado temporariamente de ti. As nossas mãos tinham-se largado, mas eu ainda sentia o teu toque, ainda ouvia as palavras que me tinhas murmurado ao ouvido e via os olhos com que fixaste os meus.

Foi aí que deixámos de ser apenas amigos e nos tornámos no princípio daquilo que somos agora.
Quando te conheci, depois de descobrir que afinal não eras estrangeiro, soube que ia namorar contigo. Não podia era saber que iria viver contigo os melhores, para já, quatro anos da minha vida.



11 comments:

V* said...

que lindo :) e que se assim continuem, por mais anos, a serem felizes... para que todos eles sejam os melhores anos.

Quel* said...

Que lindo *.* Que venha muitos mais e igualmente felizes :)

Anna said...

Ooh tão lindo =)
Que esse amor se prolongue por mtos mais anos**

S* said...

Tão bom esses momentos a dois, com conversas eternas.

Jude said...

Que bom!:) E são apenas os primeiros 4 anos! Muitos mais virão!

Mary said...

Parabéns!!! Venham mais anos como esses! ;)

ig said...

tão bom! muitas felicidades :)

Vespinha said...

Love it!

*C*inderela said...

que venham muitos mais anos :)

Pics said...

Obrigada a todas :) É bom chegar até aqui, é bom sentir-me tão feliz ao lado dele e sentir que o faço feliz. Tal como vocês, espero que venham muitos mais!

Queen C said...

Ai essas sensações maravilhosas dos encontros e separações temporárias, o friozinho no estômago, que bom :)