To read any post in English, click on Read more.

In other words...

Sunday, 23 September 2012

Bem-vindo


Ontem vi-o chegar, perto da uma da manhã, empoleirada numa varanda sobre a Praça de Lisboa e com vista sobre a Torre dos Clérigos. Sabia que ele vinha, mas estava atrasado, sem pressas para chegar a um sítio onde as opiniões divergem: uns adoram-nos, outros odeiam-no, outros (poucos) ficam indiferentes à sua presença. Chegou, por fim, elegante e dourado, na companhia de chuva e de trovoada e prometeu ficar por cá durante algum tempo.
Eu pedi-lhe que nos trate bem, com serenidade, e que nos presenteie com dias calorosos e secos, para não ficarmos fartos dele logo no início. Ele não respondeu... Será imprevisível, como sempre.

3 comments:

amiga da onça said...

Lindo texto, gostei.

Jude said...

Que bela forma de o descrever! :)

Never Told Words said...

Eu acho que ele chegou com força para os poucos que lhe são indiferentes começarem a vê-lo com outros olhos :)