To read any post in English, click on Read more.

In other words...

Saturday, 28 April 2012

As entrevistas de emprego deviam ser mais criteriosas


Quando entramos numa loja, daquelas que têm prateleira até cima a que uma pessoa da minha altura não chega minimamente, nos dirigimos à primeira empregada para, por favor, nos encontrar um determinado tamanho e ela nos responde: só temos o que está à vista, vemos logo que a mulher tem tanta vontade de trabalhar como eu de arrancar dentes a frio.
Mas quando insistimos e esclarecemos que só conseguimos ver as prateleiras de baixo e ela, sem olhar, nos atira com: o que está em cima são só tamanhos grandes, e, ainda por cima, cheira imensamente mal da boca, apetece-nos esbofeteá-la ali mesmo.
Como não sou uma pessoa violenta, sorri-lhe sarcasticamente e agradeci: obrigada pela sua ajuda, foi meeeesmo útil!
Mas tenho dúvidas de que a senhora tenha entendido o meu sarcasmo.

5 comments:

S* said...

ahahah

Acontece com frequência. parece que nos estão a fazer um favor!

Pics said...

S*, infelizmente, acontece. E se eu não precisasse desesperadamente do que ia lá comprar, tinha vindo embora logo. Mas acho que quem ficava a perder era mesmo eu...

Jude said...

Acho que a tua atitude foi a melhor... pelo menos trnsmitiste a mensagem! :)

Filipa said...

não percebo como contratam pessoas dessas... a loja perde clientes..
nós é que não estamos para nos chatear... mas essas pessoas o que mereciam é que pedisses o livro de reclamações e ficar registado pos chefes deles o que eles fazem aos clientes...
é preciso saber atender ao cliente...
XOXO

Pics said...

Jude, no mínimo tentei ;)

Filipa, a verdade é que a senhora não foi ofensivamente antipática. Nesse caso, sim, teria ido logo escrever uma reclamação.