To read any post in English, click on Read more.

In other words...

Tuesday, 21 February 2012

Preguiça?


Comecei a fazer pilates há um ano. Não fazia diariamente, seguia-me por um livro e pelas minhas ideias e fazia com o meu namorado. Rapidamente ele se fartou e limitou-se às idas ao ginásio, deixando-me a fazer sozinha. Decidi fazer mais frequentemente, uma vez que o verão se aproximava.
Entretanto o verão veio e passou e eu andei num stress colossal a preparar a conclusão do mestrado, pelo que deixei o pilates de lado e perdi alguns quilos. Em outubro ou novembro comecei a fazer todos os dias, certinho, tirando ao fim de semana, que é quando acordo mais tarde e aproveito para ir passear.
Quando veio o Natal estava a sentir-me ótima e fazer pilates já era uma rotina intrínseca sem a qual não conseguia passar, mas no final de janeiro fui de férias uma semana, sem a minha bicicleta, nem os meus halteres e, sinceramente, quando estou de férias tenho outras prioridades. Voltei e fiquei doente, sem vontade absolutamente nenhuma de me mexer mais do que o essencial e quando ia regressar aos treinos, tive uma semana cheia de trabalho de manhã à noite.
Mas o problema é que quando dei conta, a rotina de desporto tinha sido substituída pela rotina da preguiça, que, como eu bem sei (e muitos de vocês provavelmente também), é muito difícil de contrariar. No entanto sei que tenho uma força de vontade incrível e não quero deixar que o esforço de tantos meses acabe por morrer na praia, por isso o meu regresso ao mundo dos ativos e saudáveis não passa de amanhã.
Fica aqui a minha promessa a mim mesma.

6 comments:

mari said...

adooooro pilates ... espero que essa energia regresse ;)

Pics said...

Vai regressar, sim. Amanhã! :)

Anna said...

Força nisso =)
**

Catarina said...

Também gosto muito de Pilates, mas não sinto essa vontade de fazer sozinha. Faz-me falta as correcções de postura de um treinador. Agora ando viciada num jogo da Wii de fitness. Ainda vou fazer um post sobre isso. É excelente, medes o ritmo cardíaco, vês as calorias que perdes, etc. E o melhor é que há exercícios para todos os gostos. :D

Pics said...

Anna, "força" é mesmo a palavra de ordem ;)

Catarina, sim, faltam-me as correções, mas gosto de fazer sozinha os exercícios que encontro na net ou que me lembro de fazer quando andava no ballet. E um dia vou investir numa Wii, para ter um jogo desses!

Lebasiana said...

FORÇA! É isso mesmo que é preciso: força!

Beijinho