To read any post in English, click on Read more.

In other words...

Tuesday, 6 August 2013

A gaiola dourada


É incontornável: somos um povo que gosta de futebol, de cerveja e de bacalhau regado com um bom vinho. Somos um povo que reúne a família e os amigos à volta de uma mesa cheia para lanchar, almoçar ou jantar. Somos um povo que fala alto e que ri muito. Somos um povo simpático, que gosta de acolher os de fora e de fazê-los sentir-se bem dentro das nossas portas. Somos um povo que sabe rir-se de si próprio e que leva a sua essência para onde quer que vá. E não há vergonha nenhuma nisso.
Mas, no meio deste povo, ainda há algumas pessoas complexadas, com tendência para superiorizar tudo o que seja estrangeiro e inferiorizar o que vem de dentro. E por isso mesmo, toda a gente devia ver este filme e perceber que tal como os americanos, os ingleses, os franceses ou os espanhóis se auto-caricaturizam, também nós podemos fazê-lo de uma maneira bastante cómica, ligeira e divertida. Como os portugueses.

5 comments:

Catarina said...

Já mil pessoas me disseram para ver este filme, agora tu. Acho que vou ter mesmo que o ver. :)*

A Espiga de Trigo said...

Não vai concorrer aos Óscares nem vai parar a Cannes, mas dá para rir e, confesso, chorar :)

Jude said...

Estou curiosa p'ra ver! :)

*C*inderela said...

Quero ver esse filme :)

A Espiga de Trigo said...

Jude e *C*inderela, algo me diz que ainda vai ficar muito tempo nos cinemas, por isso não tenham pressa. Mas vão ver, sim (: